s.f. (...) indicação de que alguém "encontrou finalmente a última peça do quebra-cabeças e agora consegue ver a imagem completa".

(Psiu: Sobre aquela falta de ideias)

16.11.12

Drapetomania


Eram duas películas distintas.
Na primeira, há uma confusa garota que se torna a paixão do protagonista especial. No seguinte, uma majestosa cortesã de rubros fios torna-se o sonho do poeta.
A intersecção de enredos consiste em um anseio de ir embora. Uma sufocante vontade de livrar-se da situação (seja pelo determinismo, seja por suas escolhas).
Claramente, esses não são os únicos exemplos desse avassalador desejo em toda a ficção ou realidade. Temos a divertida acompanhante e seu gato sem nome, a melancólica cantora que sente-se no lar ao debruçar-se sobre a figura amada (característica mútua com a minha pessoa), a intensa poesia da geração perdida.
Tal condição tem ambiguidade interpretativa que a assemelha a covardia. Todavia, tais figuras podem ser as mais corajosas de sua realidade.
A fraqueza as colocou numa posição dificilmente encontrada na figura humana.

A coragem de libertar-se.

Nenhum comentário: