s.f. (...) indicação de que alguém "encontrou finalmente a última peça do quebra-cabeças e agora consegue ver a imagem completa".

(Psiu: Sobre aquela falta de ideias)

16.10.10

Individualidade


A palavra mais utilizada, talvez, desse blog. Mas o que seria a tão comentada individualidade que não me canso de falar?
É simplesmente uma das coisas mais cativantes do complexo ser humano. E uma das que mais admiro, para ser honesta.

Individualidade. In.di.vi.du.a.li.da.de.; Sub. Fem.; coleção das propriedades ou traços característicos que distinguem uma coisa de todas as outras, conferindo-lhe unicidade.¹ 
(Nota-se uma mania minha que eu não sabia que possuia antes do blog: definir detalhadamente cada tema que proponho).

Mas o que seria tais "propriedades" ou "traços característicos"? São aquelas partes do seu ser que você realmente sabe que não sofreu influência da sociedade.
Acho isso encantador.
É o único traço humano 100% puro. A única característica sua que é autentica. Em uma (sejamos hipotéticos) matéria mutável que é a personalidade humana, essa é a "parte estável". Gosto muito de estabilidade, só comentando mesmo.

E o que torna tal característica tão interessante para a minha pessoa? O quanto as pessoas lutam para demonstrá-la. Acho uma "luta" encantadora. Pessoas que preservam seu verdadeiro eu contra qualquer regra imaginária implantada desde o nascimento em aproximadamente 7 bilhões de cabeças pensantes. Honestamente, como em um mundo de 7 bilhões de pessoas, são contadas a dedo as que são de suma importância e que não merecem ser esquecidas após gerações. Pois elas possuem talento, que não é adquirido em qualquer escolinha ou oportunidade não merecida. É um talento característico, individual. Vê a necessidade de ser um ponto de diferença nesse enorme (e algumas vezes incrivelmente pequeno) mundo?
Por isso antes de qualquer boa maneira, qualquer sorriso, olhar ou repentino interesse em "como estou", uma das coisas que realmente me chama atenção de um jeito tremendamente positivo é essa característica esquecida, pouco apreciada e extremamente necessária chamada individualidade. 

Sim, proponho uma briga ideológica com a esfera social. Prefiro falar sobra isso depois.

Nenhum comentário: